CAA Vanguarda assina termo de cooperação técnica com a Polícia Civil de Minas Gerais

Foi assinado, na sede da 1ª RISP - Região Integrada de Segurança Pública - da capital, no dia 29 de dezembro, o termo de cooperação técnica entre a Caixa de Assistência dos Advogados de Minas Gerais e a Polícia Civil mineira. O documento, que sela a parceria entre as duas instituições, foi assinado pelo presidente da CAA Vanguarda, Sérgio Murilo Braga e o Delegado Geral de Polícia, Rogério de Melo Franco Araújo. Assinaram também, como testemunhas, a advogada e membro da comissão de direitos humanos da OAB/MG, Cristina Paiva e o advogado criminalista, Geraldo Guedes.

A CAA Vanguarda fará parte do processo de reestruturação das Centrais de Flagrante, que passarão a funcionar em quatro pontos da capital mineira. Caberá à Caixa de Assistência dos Advogados de Minas Gerais o fornecimento do mobiliário, que irá equipar as salas de advogados que serão criadas em cada unidade. Com a política institucional de melhoria da qualidade de atendimento para advogados, e também às vítimas e testemunhas, todas as Ceflans terão espaços próprios para os profissionais do direito e, também, salas para acolhimento de vítimas e testemunhas. 

O delegado geral da polícia civil mineira, Rogério de Melo Franco Araújo, destacou a importância da reestruturação, exaltou a participação da CAA Vanguarda no processo e elogiou a atuação do presidente Sérgio Murilo Braga: "parabenizo o presidente da Caixa de Assistência dos Advogados de Minas Gerais pela sua capacidade administrativa, sua capacidade de gestão e por nos apoiar nessa parceria, nessa cooperação, que para mim é imprescindível porque ataca dois pontos: o primeiro é dar condições à advocacia, que pela carta magna é essencial à justiça e seu mister. E a outra questão é o respeito à dignidade humana, nós estamos dando condições melhores à população vítima. Estamos exercitando a cidadania plena e voltando nosso trabalho para a sociedade", finalizou o delegado geral. 

O presidente da CAA Vanguarda parabenizou a polícia civil pela inciativa e ressaltou o quão importante foi a assinatura, num período em que muitos estão em recesso, mostrando a preocupação do poder público. Sérgio Murilo Braga ainda destacou: "vamos contribuir para humanizar o tratamento às vítimas e testemunhas e, também, para garantir a dignidade do trabalho dos advogados junto aos clientes".

O advogado criminalista Geraldo Guedes também comemorou a parceria, segundo ele, “a polícia civil está reconhecendo a indispensabilidade do advogado na administração da justiça". Guedes ainda ressaltou: "os advogados terão salas montadas em parceria com a CAA/MG para atender seus clientes com dignidade".

O delegado, coordenador da Central de Flagrante da Polícia Civil, Marcelo Cipriani Arouca, esteve na 1ª RISP durante o encontro que selou a parceria entre as instituiçoes, e ressaltou considerar fundamental a parceria com a CAA/MG. Segundo ele, a CAA Vanguarda está “dando um apoio importante a um projeto de atendimento diferenciado e humanizado, porque delegacia atende gente de bem”, concluiu.

Também estiveram presentes, o Desembargador da 1ª Câmara Criminal, Wanderley Paiva; Rúbia Oliveira, assessora representante do deputado Cristiano Silveira - presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Minas Gerais; além de outros representantes e autoridades do meio jurídico mineiro.

 
CAA MINAS • Rua Albita, 260 • Cruzeiro • 30310-160 • Belo Horizonte • MG • 31 2125-6300